ECONOMIA
Real e Bolsa brasileira têm piores desempenhos globais em 2024
Por linharesjr.com.br • 17/06/2024
Compartilhe
Brasil Economia
Crescentes incertezas fiscais fazem índice Ibovespa e real despencarem, com quedas de mais de 10% neste ano.

BRASIL, 17 de junho de 2024 – A deterioração da situação fiscal no Brasil fez com que a Bolsa de Valores e o real apresentassem os piores desempenhos entre as principais economias globais em 2024. Este ano, o índice Ibovespa acumula uma queda de mais de 10%, destoando dos índices globais, que em sua maioria mostram valorização.

As incertezas econômicas têm sido apontadas como a principal causa desse mau desempenho, conforme relata a Folha de S. Paulo.

O impacto negativo não se restringe à Bolsa. O real também sofreu uma desvalorização significativa, caindo cerca de 10% em relação ao dólar em 2024, passando de R$ 4,85 no final de 2023 para R$ 5,38 na sexta (14).

Entre as principais moedas, apenas o iene japonês teve um desempenho pior, com uma queda de 10,37%.

Em janeiro, a Bolsa brasileira já havia registrado uma queda de quase 5%, com uma retirada de R$ 12 bilhões em recursos estrangeiros. As incertezas internas, que se intensificaram a partir de abril, continuaram a pesar negativamente.

A decisão do governo Lula (PT) de reduzir a meta de superávit primário de 0,50% do PIB para zero em 2025 aumentou ainda mais o ceticismo do mercado.

Sérgio Golgenstein, estrategista-chefe da Warren Rena, afirmou que “o mercado já estava meio desconfiado, e isso foi um motivo forte para aumento da preocupação.”

Ele acrescentou que o Banco Central adotou um tom mais severo devido às incertezas tanto internas quanto externas, contribuindo para uma “bola de neve” de problemas fiscais que resultaram em juros futuros mais altos e uma fuga de capital do país.

Compartilhe
15/07/2024
ECONOMIA
Mercado financeiro eleva previsão de inflação para 2025
14/06/2024
ECONOMIA
Inflação do real foi 7 vezes maior que do dólar em 30 anos
05/06/2024
ECONOMIA
Argentina tem superávit e queda na inflação em 6 meses de Milei

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda