INCÊNDIO
Escola da Rede Estadual de Ensino do MA pega fogo em Imperatriz
Por linharesjr.com.br • 30/04/2024
Compartilhe
Incêndio Escola
Incêndio destruiu o Centro de Ensino Governador Archer. As chamas atingiram a sala do auditório e parte do telhado da sala dos professores.

IMPERATRIZ, 30 de abril de 2024 – Um incêndio destruiu parcialmente o Centro de Ensino Governador Archer, localizado em Imperatriz, na madrugada do domingo (28). As chamas atingiram a sala do auditório da escola e parte do telhado da sala dos professores. Não houve registro de feridos, apenas danos materiais.

Segundo relatos do vigilante da escola, o incêndio teria começado após um curto-circuito em um dos ventiladores da instituição de ensino. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar o fogo, evitando que se alastrasse para outras áreas do prédio.

Na segunda (29), uma equipe da Defesa Civil Municipal compareceu ao local para inspecionar as salas afetadas e emitiu um laudo técnico, cujas conclusões serão fundamentais para determinar as medidas a serem tomadas para a reconstrução e garantia da segurança da estrutura.

A gestão da escola informou que cerca de 730 estudantes estão matriculados na unidade de ensino. Enquanto aguardam as conclusões das perícias sobre as causas do incêndio, as aulas foram suspensas como medida preventiva.

“Quanto à questão das aulas, aguardamos o pronunciamento da Defesa Civil para retornar com a segurança”, afirmou a gestora Ademária Batista.

O comandante do 3º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) de Imperatriz, Isael Chaves, destacou a importância da vigilância adequada em prédios públicos e privados para prevenir situações como essa.

Ele enfatizou que, com uma vigilância eficaz, muitas vezes é possível detectar incêndios em estágios iniciais e combatê-los antes que se tornem mais graves.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) confirmou que um curto-circuito foi identificado como a causa do incêndio, de acordo com a perícia realizada pela Polícia Civil.

Uma equipe de engenharia foi mobilizada para avaliar a situação do prédio escolar e determinar se há necessidade de interrupção prolongada das aulas.

A Seduc também informou que os serviços de recuperação dos espaços atingidos serão iniciados em breve, com o objetivo de restaurar as instalações danificadas e retornar à normalidade das atividades escolares o mais rápido possível.

Compartilhe
09/07/2024
DECISÃO
Justiça determina prazo para reparos em escola de São Luís
04/07/2024
INAUGURAÇÃO
Karla Sarney celebra entrega de nova escola em São Luís
21/06/2024
EDUCAÇÃO
Atraso em obras deixa 400 alunos sem aulas na Santa Clara

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda