PROJEÇÕES
Brasil pode ter recorde de casos de dengue em 2024
Por linharesjr.com.br • 09/02/2024
Compartilhe
Dengue Brasil
Ministério da Saúde estima que o Brasil pode atingir até 5 milhões de casos de dengue, destacando clima e ressurgimento de sorotipos do vírus.

BRASIL, 09 de fevereiro de 2024 – O Brasil enfrenta a possibilidade de registrar o maior número de casos de dengue em sua história, alcançando até 5 milhões de casos em 2024, conforme estimativas do Ministério da Saúde.

Ethel Maciel, secretária de Vigilância em Saúde, apresentou projeções que variam de 1,7 milhão a 5 milhões de incidências da doença neste ano, com uma média de 3 milhões. A análise foi realizada em colaboração com o InfoDengue, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O aumento previsto é atribuído a diversos fatores, especialmente o calor intenso e chuvas fortes, além do recente ressurgimento dos sorotipos 3 e 4 do vírus no país.

Atualmente, os quatro sorotipos (1, 2, 3 e 4) circulam no Brasil, uma situação considerada “incomum”, conforme destacado por Ethel.

O Ministério da Saúde alerta para um cenário epidêmico no Centro-Oeste e risco de epidemia no Sudeste, com Minas Gerais e Espírito Santo em destaque. No Sul, o Paraná é o principal estado em risco, enquanto no Nordeste, apesar do aumento dos casos, não é esperado um nível epidêmico.

Em 2023, o país enfrentou um recorde de mortes por dengue, totalizando 1.079 óbitos confirmados e 211 em investigação. Houve 1.641.278 diagnósticos prováveis da infecção, com 52.160 hospitalizações, representando um aumento de 17,8% em relação ao ano anterior.

Apesar disso, os números foram inferiores a 2015, quando o país registrou 1,7 milhão de casos de dengue.

O Brasil liderou os casos globais de dengue em 2023, conforme indicado por um levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Compartilhe
02/02/2024
LEVANTAMENTO
Brasil tem a maior diferença salarial entre parlamentares e o povo
01/02/2024
LEVANTAMENTO
Brasil supera Argentina e lidera endividamento na América Latina
30/01/2024
LEVANTAMENTO
Brasil despenca em “Ranking de Corrupção”

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda