MARANHÃO
Advogada é presa por alvarás falsos liderado por servidora do TJ
Por linharesjr.com.br • 04/04/2024
Compartilhe
Falsificação alvará
Advogada se entregou por envolvimento em esquema de alvarás fraudulentos liderado por servidora do TJ. Esquema causou prejuízo de R$1 milhão.

SÃO LUÍS, 04 de abril de 2024 – A advogada Jéssica Silva Pinto se entregou na sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), da Polícia Civil do Maranhão (PCMA), em São Luís.

Ela estava com um mandado de prisão em aberto por seu envolvimento em um esquema de emissões de alvarás judiciais fraudulentos, liderado por Lívia Azevedo Veras Dias, servidora do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), que foi presa no último dia 21 de março.

O esquema, que resultou em prejuízos estimados em cerca de R$ 1 milhão, envolvia a secretária judicial da 1ª Vara da Fazenda Pública da capital, que teria bloqueado contas públicas do Estado e desviado o dinheiro para a conta de Jéssica Silva Pinto.

Segundo relatos obtidos durante as investigações, alvarás judiciais foram expedidos em processos que já estavam arquivados, indicando uma operação fraudulenta orquestrada entre os envolvidos.

Ambas as investigadas, Jéssica Silva Pinto e Lívia Azevedo Veras Dias, permanecem sob custódia e à disposição da Justiça.

O inquérito que apura o caso já foi finalizado e encaminhado ao Poder Judiciário para os devidos procedimentos legais.

Compartilhe
15/07/2024
DECISÃO
Trump escolhe senador como candidato a vice-presidente
15/07/2024
PROTESTO
Servidores do Detran exigem saída de secretário após 50 dias
15/07/2024
MARANHÃO
Número de motoristas com problema de visão dobra em 10 anos

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda