LEVANTAMENTO
Um a cada 5 prefeitos trocaram de sigla antes das eleições 2024
Por linharesjr.com.br • 12/01/2024
Compartilhe
Pesquisa EPO
Levantamento do Instituto EPO aponta movimentação partidária no Maranhão, com PDT e PL liderando, enquanto PSD e Podemos ganham destaque.

MARANHÃO, 12 de janeiro de 2024 – Um recente levantamento realizado pelo Instituto EPO – Estratégia Pesquisas de Opinião revelou que, nos últimos três anos, 37 prefeitos no Maranhão optaram por mudar de partido antes das eleições municipais de 2024.

Apesar de o PDT e o PL liderarem o ranking, algumas siglas, como PSD e Podemos, ganharam destaque nesse cenário de realinhamento político.

O PDT, mesmo mantendo o maior número de prefeituras, registrou uma diminuição, perdendo um dos 42 prefeitos eleitos. A situação é semelhante ao PL, que, hoje, conta apenas com 38 dos 40 prefeitos originalmente eleitos. O Republicanos, ocupando a terceira posição, manteve a mesma quantidade, com 25 mandatários municipais.

O PCdoB, no quarto lugar, perdeu quatro dos 22 prefeitos, reduzindo sua representação para 18. O PP, que elegeu 17 prefeitos, cresceu para 18, igualando-se ao PCdoB.

Essa mudança de partidos entre os prefeitos, conhecida como “vira-casaca”, envolve, principalmente, o PSD e o Podemos, que ganharam espaço em meio a disputas com outras siglas, como União Brasil, PRD e MDB, indicando movimentações políticas visando as eleições de 2026.

Um exemplo recente dessa movimentação foi a troca do prefeito de São José de Ribamar, Júlio Matos (Dr. Julinho), que deixou o PL para se filiar ao Podemos, aumentando a representatividade do partido de um para seis prefeitos.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, também aderiu à mudança, deixando o Podemos e filiando-se ao PSD, que passou de cinco para sete prefeituras no estado.

Compartilhe
17/04/2024
EXTORSÃO
Processo contra promotor do MPMA sugere perda do cargo
17/04/2024
CONCORRÊNCIA
Disputa no STJ gera racha no Supremo Tribunal Federal
17/04/2024
OBSTÁCULOS
Ministro da Educação culpa burocracia por obras paradas no MA

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda