BARRADO
TRE rejeita justa causa para saída de Jota Pinto do Podemos
Por linharesjr.com.br • 14/11/2023
Compartilhe
Jota Pinto
Jota Pinto pode ficar no partido e apoiar a reeleição de Dr. Julinho ou sair, abrindo mão da 1ª suplência do Podemos na Assembleia.

MARANHÃO, 14 de novembro de 2023 – O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão emitiu, nesta segunda (13), uma decisão considerando improcedente o pedido de justa causa apresentado por Jota Pinto, suplente de deputado estadual, para sua saída do Podemos.

Jota Pinto buscava garantir sua desfiliação da sigla sem perder a condição de primeiro suplente.

Ele fundamentou seu pedido na alegação de que, após a incorporação do PSC pelo Podemos, a filiação do atual prefeito de São José de Ribamar, Julinho Matos, um opositor político declarado, comprometia seu vínculo com o partido.

No entanto, o juiz eleitoral André Bogéa, relator do caso, argumentou que a simples filiação de um opositor não configura justa causa. O magistrado afirmou:

“Assim, vê-se assistir razão à Procuradoria Eleitoral quando destaca que ‘em verdade, há mera desavença política entre o requerente e Júlio César de Souza Matos (Dr. Julinho), filiado que ingressou nas hostes partidárias com a incorporação do PSC’.”

O voto do relator foi respaldado por todos os membros da Corte Eleitoral, que não reconheceram fundamentos suficientes para a justa causa.

Compartilhe
15/06/2024
CERIMÔNIA
Novo PGJ do Maranhão será empossado nesta segunda (17)
15/06/2024
UNANIMIDADE
TRF-1 extingue ação da Lava Jato contra Edison Lobão
15/06/2024
ELEIÇÕES 2024
PDT aprova Fábio Câmara para disputar Prefeitura de São Luís

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda