MANIFESTAÇÃO
Trabalhadores rurais protestam contra violência no campo no MA
Por linharesjr.com.br • 23/04/2024
Compartilhe
Protesto MA
Segundo dados da Comissão Pastoral da Terra (CPT), o Maranhão é o terceiro estado com maior número de conflitos no campo.

SÃO LUÍS, 23 de abril de 2024 – Trabalhadores rurais se reuniram em protesto diante da Assembleia Legislativa do Maranhão para denunciar a crescente violência no campo no estado.

A mobilização, organizada nesta terça (23), demanda políticas públicas e leis que assegurem direitos e proteção aos trabalhadores. Segundo dados da Comissão Pastoral da Terra (CPT), o Maranhão é o terceiro estado com maior número de conflitos no campo.

A CPT registrou, em 2023, 171 conflitos por terra, 13 casos de trabalho escravo rural, resgatando 104 pessoas em situação análoga à escravidão, além de 22 disputas por água no Maranhão. Quanto à violência, foram reportados quatro assassinatos e sete tentativas no estado.

Dos 5.568 municípios brasileiros, a CPT registrou violência contra pessoas em conflitos rurais em 492 nos últimos 10 anos.

A região Nordeste lidera com 1.146 ocorrências, destacando-se Amarante, Bom Jardim e Viana no Maranhão, e Jaqueira em Pernambuco. A região Norte ocupa o segundo lugar, com 931 registros.

Além da busca por segurança, os manifestantes exigem melhorias na educação, saúde e questões ambientais para as comunidades rurais. Está programada uma passeata até o Palácio dos Leões, sede do governo maranhense.

O protesto conta com acompanhamento das forças policiais estaduais.

Compartilhe
25/05/2024
PENA
Ex-prefeito de Graça Aranha condenado por irregularidades
24/05/2024
ABALOS SÍSMICOS
Revista Científica inclui Maranhão na rota dos terremotos
24/05/2024
DESASTRES NATURAIS
Mais de 100 cidades do MA correm risco de desastres ambientais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda