PRESSÃO
Simplício sobre preço do combustível no MA: “não existe gestão”
Por José Linhares Jr • 01/07/2022
Compartilhe
O líder do Solidariedade no Maranhão fez duras críticas ao comportamento adotado pelo estado, destacando que “não existe gestão, nem foco na população carente”.

Diversos políticos têm criticado a resistência do governo do Maranhão em aderir à lei, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que limita o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o diesel, a gasolina, a energia elétrica, as comunicações e os transportes coletivos. Desta vez, o pré-candidato ao Palácio dos Leões, Simplício Araújo (Solidariedade), advertiu à gestão de Carlos Brandão.

O líder do Solidariedade no Maranhão fez duras críticas ao comportamento adotado pelo estado, destacando que “não existe gestão, nem foco na população carente” – que mais sofre com a alta do preço.

Para Simplício, “é “preciso urgente fazer alguma coisa pra baixar os preços dos combustíveis”. Pois diversos alimentos, que já estão com preços altos, podem faltar nos supermercados.

Compartilhe
09/01/2024
AJUSTE
Cuba anuncia aumento de 500% nos preços dos combustíveis
07/12/2023
TRIBUTOS
Combustíveis sofrerão aumento por retorno de impostos em 2024
27/10/2023
IMPOSTO
Maranhão vai aumentar alíquota do ICMS sobre combustíveis

3 Comentários

  1. Carlos

    Esse governo do Maranhão é um governo fora da lei. Não obedecem determinação judicial e muito menos a constitucional. Abaixem o valor do combustível é lei. 18% tributação do ICMS. Isso é lei. Está na emenda constitucional. Vocês aceitando ou não.

    Responder
  2. nsdesouza

    “O governador deve chegar nas próximas horas ao Maranhão e reassumir o comando do Palácio dos Leões.”
    CHEGA EM BOA HORA PARA: BAIXAR A 17% O ICMS DOS BENS E SERVIÇOS ESSENCIAIS, INCLUINDO COMBUSTÍVEIS, ENERGIA E TELECOMUNICAÇÕES, DE PAGAR OS PRECATÓRIOS PENDENTES, DE PAGAR AO FUNCIONALISMO OS 21,7% e URV, DE ABRIR LICITAÇÃO PARA OS SERVIÇOS DE FERRY BOAT, DE ATIVAR OS CENTROS DE HEMODIÁLISE NO INTERIOR DO ESTADO,…
    ESTÁ COM A CANETA NA MÃO. HORA DE DEIXAR DE SER FANTOCHE DE FLÁVIO DINO. ASSUMIR PLENA SUAS ATRIBUIÇÕES E RESPONSABAILAIDADE DE GOVERNADOR DO ESTADO
    CASO CONTRÁRIO, NÃO MERECERÁ O VOTO DO MARANHENSE.
    FICARÁ SEM MANDATO.
    SIMPLES ASSIM.

    Responder
  3. Clenio

    Governador Carlos Brandão,pare de tentar enganar a população à semelhança de seu amiguinho Flávio Dino; simplesmente cumpra a lei,reduza a alíquota do ICMS a 17%, fazendo assim haverá redução não só de combustíveis bem como de energia elétrica, telecomunicações. E se o Sr. governador Carlos Brandão quer realmente ajudar a população, aplique essa alíquota de ICMS de 17%, não no valor de referência da cabeça dos governadores,e sim no valor de venda da refinaria,se assim o Sr governador, Carlos Brandão fizer entenderemos que de fato o governo do estado está atento às necessidades do povo

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda