FESTA
Prefeito de Pinheiro ignora Ministério Público e gasta com carnaval
Por linharesjr.com.br • 29/01/2024
Compartilhe
Carnaval Pinheiro
Luciano Genésio desconsidera alerta do Ministério Público sobre atrasos salariais. Dj Guuga será atração no evento.

PINHEIRO, 29 de janeiro de 2024 – O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, gerou polêmica ao anunciar a realização do Carnaval na cidade, indo contra a recomendação do Ministério Público.

A promotora de Justiça Samira Merces dos Santos, da 1ª Promotoria da Comarca de Pinheiro, havia emitido um alerta solicitando a suspensão da festa devido a notícias de atrasos nos salários de servidores contratados e comissionados, bem como a falta de políticas públicas eficientes na administração de Genésio.

Mesmo diante das preocupações levantadas pela promotora, o prefeito anunciou, no último fim de semana, a programação oficial do Carnaval, destacando a presença do renomado Dj Guuga, conhecido por suas performances em festas nacionais.

Genésio afirmou que a contratação do Dj faz parte de uma promessa feita à juventude local, e ressaltou que a festa terá novidades e será voltada para todos os públicos.

A recomendação do Ministério Público enfatizava a necessidade de não realizar a tradicional festividade carnavalesca este ano, levando em consideração o procedimento instaurado para fiscalizar os atrasos nos salários e a ausência de políticas públicas eficazes.

Além disso, a promotora mencionou que um pedido de cassação do mandato de Genésio foi protocolado recentemente.

O prefeito, visando permanecer no poder, lançou a pré-candidatura de sua ex-esposa, Thaíza Hortegal. No entanto, Genésio enfrenta uma rejeição considerável, conforme apontado por uma pesquisa do Instituto Completa divulgada em setembro.

Compartilhe
02/02/2024
SÃO LUÍS
Carnaval de Passarela de SLZ é adiado para 23 e 24 de fevereiro
29/01/2024
FESTA
Prefeito de Pinheiro ignora Ministério Público e gasta com carnaval
09/02/2024
AÇÃO
MPMA busca na Justiça o cancelamento do Carnaval de Pinheiro

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda