RELAXA QUE TEM PICANHA
Preço do ovo de galinha dispara no Brasil com novo governo
Por José Linhares Jr • 28/02/2023
Compartilhe
Aumento no preço do ovo de galinha no começo do ano é o maior registrado no período em toda a história.

Eleito prometendo picanha mais barata para o brasileiro, o novo governo não está conseguindo segurar sequer o preço dos ovos de galinha. O preço caixa, com trinta dúzias, registrou forte aumento desde o início do ano. O aumento é considerado um recorde histórico.

O ovo branco subiu 14%, já o ovo vermelho aumentou 15.7% no mesmo período. Os dados são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP.

Por se tratar da base para uma infinidade de receitas e extremamente difícil de ser substituído, é provável que o aumento no preço dos ovos incida em aumento de outros produtos e acabe tendo peso na inflação.

O aumento no preço dos ovos acontece em meio a uma confusão na política econômica do novo governo que ainda não decidiu sobre os parâmetros que deve seguir em sua política econômica.

Desde que assumiu, o presidente Lula tem concentrado suas falas em relação à economia quase que exclusivamente em ataques contra o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Recentemente uma guerra interna entre o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, também tumultuaram os rumos da economia no país. Os dois lideram alas que discordam do tratamento em relação ao aumento do ICMS nos combustíveis.

Enquanto o governo não se encontra em relação à economia, o sonho da picanha mais barata no prato dos brasileiros se transforma em ovo mais caro nas prateleiras dos supermercados.

As informações são do Bom Dia Brasil

Compartilhe
17/06/2024
ECONOMIA
Real e Bolsa brasileira têm piores desempenhos globais em 2024
14/06/2024
ECONOMIA
Inflação do real foi 7 vezes maior que do dólar em 30 anos
05/06/2024
ECONOMIA
Argentina tem superávit e queda na inflação em 6 meses de Milei

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda