MORAL BAIXA
Partido de Eliziane não será base do governo Lula na Câmara
Por José Linhares Jr • 17/01/2023
Compartilhe
Deputados vão na contramão do partido e da senadora, que escolheram apoiar novo governo do PT.

Deputados do Cidadania, partido da senadora Eliziane Gama, anunciaram que não devem compor com o governo do presidente Lula na Câmara de Deputados. A bancada anunciou, por meio de nota, que manterá posição de independência em relação ao governo. Todos os mebros da bancada assinaram o documento.

Segundo o líder da bancada, Alex Manente, a decisão tem fundamento em divergenências entre o estatuto do partido e o programa do PT.

A decisão da bancada do Cidadania vai na contramão da decisão da diretoria nacional do partido, que decidiu apoiar o governo do PT.

Leia a nota

A Bancada eleita/reeleita do Cidadania na Câmara dos Deputados vem a público anunciar que manterá a posição de independência em relação ao governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

Essa posição dos nossos deputados diverge da decisão tomada pela Direção Nacional Cidadania que é favorável a apoiar incondicionalmente o governo do PT.

Apoiaremos as medidas que sejam boas para nossa população, como aquelas que promovam a justiça social. Sempre seremos a favor da Democracia e do respeito ao Estado Democrático de Direito.

Mas, não nos furtaremos em criticar e combater possíveis erros da nova gestão federal.

Também atuaremos na defesa de proposições que se alinharem ao nosso programa partidário e aos nossos princípios.

A Bancada na Câmara toma a presente decisão, por unanimidade, e está respaldada pelo estatuto do partido, que é contra fechamento de questão.

Defendemos ainda a sustentabilidade em toda sua compreensão, como também a responsabilidade fiscal e as reformas modernizadoras do nosso país”.

São Paulo, 14 de janeiro de 2023.

Alex Manente (SP) – Líder do Cidadania na Câmara dos Deputados

Compartilhe
23/04/2024
REAÇÃO
Adepol divulga nota de repúdio contra remoção de delegado
23/04/2024
QUINTO CONSTITUCIONAL
Lista tríplice do Ministério Público será definida nessa quarta (24)
23/04/2024
ASSEMBLEIA
Deputado propõe revogação de título a Geraldo Alckmin no MA

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda