DECISÃO

20/02/2024

Desembargadora maranhense é afastada pelo CNJ por dois anos

IMIRANTE.COM

Processo foi aberto após decisões em favor de um ex-assessor, que pedia recontagem de pontos após prestar concurso para tabelião.

Leia mais

Desembargadora maranhense é afastada pelo CNJ por dois anos

VIOLÊNCIA

Preso suspeito de assassinar dois jovens em São Luís

05/07/2022 - José Linhares Jr
Segundo investigações da Polícia, os jovens foram baleados por engano por membros de uma facção criminosa. Os adolescentes eram membros da Igreja Adventista.

A Polícia Militar do Maranhão prendeu um homem de 22 anos suspeito de assassinar dois adolescentes no bairro Primavera Bom Jesus durante um jogo de futebol.

O suspeito foi encaminhado para a sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), no Centro de São Luís, para as outras providências cabíveis.

A polícia também identificou os outros dois suspeitos do duplo homicídio. Segundo investigações, os jovens foram baleados por engano por membros de uma facção criminosa. Os adolescentes eram membros da Igreja Adventista e iam semanalmente ao campo de futebol.

CRIME

De acordo com a Polícia Civil, criminosos encapuzados chegaram em um campo de futebol, situado na avenida Brasil, no bairro Primavera Bom Jesus, na região do Coroadinho, e efetuaram disparos de arma de fogo contra pessoas que jogavam no campo de futebol.

Luís Fernando Abreu Fernandes, de 15 anos, morreu no local; e Josias Alberto Santos Diniz, de 16, chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu. Uma criança de oito anos foi alvejada na perna e recebeu atendimento médico.

Mical Damasceno questionou o ato realizado pelo Judiciário.

 A deputada estadual do Partido Social Democrático, Mical Damasceno, utilizou sua conta oficial no instagram para criticar o Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região, de Belém – PA. No dia 28 de junho, o Tribunal homenageou o dia Orgulho LGBTQIA+.

A deputada questiona o ato realizado pelo juiz do trabalho Otávio Bruno da Silva Ferreira, integrante o grupo de trabalho da Diversidade do TRT-8, que, durante o Hino Nacional Brasileiro, hasteou uma bandeira do movimento LGBTQIA+, – a bandeira do Brasil também foi hasteada no momento.

Segundo Mical, a ação afronta os princípios da sociedade brasileira.

 “Até quando os nossos princípios serão colocados à prova? O Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região, em Belém-PA, fez o hasteamento da bandeira do Movimento LGBT ao som do Hino Nacional (…)”, disse.

A parlamentar pediu a opnião dos seguidores sobre o caso e pontuou que “(…) o Judiciário está cheio de militantes travestidos de funcionários públicos. Me conta aqui o que você acha sobre isso”.

VALORIZAÇÃO

Bolsonaro sanciona piso salarial de R$ 4,7 mil para enfermeiros

05/08/2022 - José Linhares Jr
Ação que beneficia todo o setor da enfermagem se junta a aumento de 33,24% no piso salarial dos professores da educação básica da rede pública que já havia sido concedido pelo presidente.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que estipula piso nacional da enfermagem. Pela lei sancionada, os enfermeiros de todo o país terão um piso salarial de R$ 4.750. Técnicos de enfermagem receberão R$ 3.325. Auxiliares e parteiras terão um vencimento de R$ 2.375. Os novos valores entram em vigor imediatamente após a publicação no diário oficial da união.

Os salários superiores ao do piso da categoria serão mantidos.

Segundo o ministro Marcelo Queiroga (Saúde), Bolsonaro vetou o artigo que determinava a atualização do piso com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). A preocupação com a fonte de financiamento da medida pesou para decisão de veto, que será encaminhado de volta ao Congresso Nacional para análise de deputados e senadores.

Queiroga afirmou que a categoria dos enfermeiros é fundamental para o SUS (Sistema Único de Saúde). Disse que a piso é um “investimento” que será revestido em melhora dos indicadores de saúde.

“O impacto [financeiro] varia de acordo com o nível federativo. Na União, não é elevado porque a maioria dos enfermeiros do serviço público federal já recebiam valores superiores. Em relação a Estados e municípios há impacto […]. E o setor privado é um setor que tem crescido bastante e que vai reconhecer o valor da enfermagem”, disse.

ADEUS

Humorista Jô Soares morre aos 84 anos

05/08/2022 - José Linhares Jr
Apesar de iniciar a carreira como humorista, Jô sagrou-se uma lenda com programas de entrevistas no SBT e Globo

O lendário humorista José Eugênio Soares, o Jô Soares, morreu na madrugada desta sexta (5 de agosto) em São Paulo. Jô tinha 4 anos. A notícia foi dada sua ex-mulher, Flavia Pedras. “Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados. O funeral será apenas para família e amigos próximos”, disse.

Jô Soares nasceu em 1 de janeiro de 1938 no Rio de Janeiro. Foi humorista, apresentador de televisão, escritor, diretor e ator. Trabalhou nas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e na Globo.

Por muito tempo ocupou o lugar de entrevistador mais famosos do Brasil. Também foi pioneiro na condução de talkshows.

Prefeita é acusada de não repassar R$ 64 milhões de contribuições para funcionários municipais nos últimos 5 anos.

A prefeita de Santa Luzia, França do Macaquinho (PP), pode ser afastada do cargo a qualquer momento. Ocorre que o promotor Leonardo Santana Modesto ingressou com uma ação pedindo o afastamento imediato e a indisponibilidade dos bens da prefeita. O pedido ocorre por suspeitas de repasses irregulares de contribuição previdenciária dos servidores municipais de Santa Luzia. A ação configura ato de improbidade administrativo.

A denúncia afirma que França do Macaquinho deixou de repassar no ano de 2017, mais de R$12 milhões de contribuições do servidores; em 2018, o valor foi superior a R$13 milhões; em 2019 foi de quase R$12 milhões; em 2020 mais de R$15 milhões; 2021 mais de R$10 milhões, totalizando mais de R$ 64 milhões não repassado em contribuições previdenciárias dos servidores municipais.

Propaganda