ELEIÇÕES

15/07/2024

Wellington reforça preparação de pré-candidatos pelo NOVO

linharesjr.com.br

Pré-candidatos a vereadores do Novo se reuniram em São Luís para orientações e preparativos finais antes de eleições municipais.

Leia mais

Wellington reforça preparação de pré-candidatos pelo NOVO

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

Ministro Dias Toffoli anula provas em casos de aliados de Lula

18/08/2023 - linharesjr.com.br
Toffoli e Lula
Ministro do STF beneficiou o ex-presidente do Peru, Ollanta Humala, e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT), João Vaccari Neto.

BRASÍLIA, 17 de agosto de 2023 – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, proferiu decisões que resultaram na anulação de provas em ações penais de dois aliados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Toffoli beneficiou o ex-presidente do Peru, Ollanta Humala, e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT), João Vaccari Neto.

Nos dois casos, as decisões foram baseadas em um entendimento comum: as planilhas da empreiteira Odebrecht, que detalhavam pagamentos de propinas a agentes políticos, foram adulteradas e, portanto, não poderiam mais ser consideradas como provas válidas.

O ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, estava sendo acusado de receber propina da Odebrecht relacionada ao caso dos navios-sonda do Estaleiro Enseada Paraguaçu. O Ministério Público alegava que parte dos valores destinava-se a recompensar Luiz Inácio Lula da Silva pela manutenção de um suposto esquema criminoso. A defesa de Vaccari argumentou que as provas utilizadas no processo eram ilícitas, baseando-se nos sistemas Drousys e My Web Day B, usados no acordo de leniência da Odebrecht no contexto da Operação Lava Jato.

Toffoli, ao proferir a decisão, citou o entendimento do então ministro Ricardo Lewandowski, que também beneficiou outros políticos como o vice-presidente Geraldo Alckmin. A anulação das provas resultou na vedação de atos instrutórios derivados delas, invalidando assim a base de muitos processos.

O ex-presidente do Peru, Ollanta Humala, enfrentando acusações de lavagem de dinheiro, também argumentou que o processo contra ele estava fundamentado em provas ilícitas. Ele pediu a aplicação da mesma decisão concedida a outros réus da Lava Jato, incluindo Lula. O ministro do STF acatou o pedido de Humala, estendendo o benefício.

Toffoli determinou o envio da decisão ao Ministério da Justiça para que fosse encaminhada ao governo peruano, por meio do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Internacional (DRCI).

SLZ Tecnologia
Além disso, a capital maranhense também figurou entre as 100 com melhor governança do país, conforme a Connected Smart Cities & Mobility (CSCM).

SÃO LUÍS, 04 de setembro de 2023 – São Luís ganhou treze posições em um ranking nacional de tecnologia e inovação, passando da 71ª para a 59ª colocação na edição de 2023 do ranking Connected Smart Cities & Mobility (CSCM), divulgado nesta segunda (04), em São Paulo.

Com nove publicações já realizadas, entre 2015 a 2023, o estudo é desenvolvido pela Urban Systems, em parceria com a Necta, através de metodologia própria e exclusiva visando um esforço no entendimento e definição dos indicadores que apontem o estágio das cidades brasileiras para o seu desenvolvimento inteligente, sustentável e humano.

No recorte tecnologia e inovação, o levantamento utilizou alguns indicadores como velocidade média das conexões contratadas, bilhete eletrônico no transporte público, sistema de iluminação inteligente, cadastro imobiliário, atendimento ao cidadão por meio de app ou site, entre outros.

Além disso, a capital maranhense também figurou entre as 100 com melhor governança do país. Ao todo, foram mapeados 656 municípios com mais de 50 mil habitantes na pesquisa, que classifica os locais com maior potencial de desenvolvimento.

Mais informações em Isaias Rocha.com.br

Notícia

Eduardo Braide irá subverter a política tradicional?

18/08/2023 - José Linhares Jr
Eduardo Braide
Tudo indica que as eleições de 2024 em São Luís irão ser um confronto entre duas formas de disputar eleições muito diferentes.

SÃO LUÍS, 18 de agosto de 2023 – Após a eleição de Flávio Dino em 2014, vendida como um confronto de gerações que, após alguns anos, mostrou-se mais do mesmo, Eduardo Braide protagoniza a mais relevante disputa política no estado nos últimos anos. O choque entre a nova fórmula de fazer política, individual e centrada na relação direta com o povo, de um lado; do outro, a ortodoxia das alianças e do apoio de políticos que ocupam a função de “atravessadores” do voto.

No início de sua trajetória política, Eduardo Braide optou pelos caminhos tradicionais. Como resultado, perdeu uma eleição para deputado federal e não conseguiu sequer eleger-se vereador de São Luís nas eleições de 2008. Após duas tentativas, tornou-se deputado estadual.

Nas eleições de 2016, decidiu seguir um caminho solitário. Tudo indicava que a campanha sem alianças, sem tempo de televisão e distribuindo santinhos pelas ruas iria resultar em um retumbante fracasso. Na reta final, Braide aniquilou Wellington do Curso, que ocupava o segundo lugar nas pesquisas. Em uma arrancada histórica, foi para o 2º turno com cerca de 8 mil votos a mais que Wellington. Derrotado na última etapa da campanha, Braide foi eleito deputado federal com avassaladores 189.843 votos dois anos depois.

Em 2020, fez concessões à política que abandonara em 2016 e tornou-se prefeito de São Luís. Enfrentou o uso pornográfico da máquina do Governo do Estado, visível em um consórcio de candidatos tutelados por Flávio Dino.

Após a vitória, Braide conseguiu vencer a desconfiança pós-pandemia e, em um lance de sorte e azar, teve que enfrentar uma variante da COVID-19 que lhe garantiu vigoroso apoio do Governo Federal.

Com a popularidade em alta, virou as costas para a política tradicional assim como em 2016. Veio então uma crise com aliados e com a Câmara de Vereadores, que muitos apontavam como o início do fim.

Com o vácuo deixado por Braide, cresceu o vereador Paulo Victor. Eleito presidente da Câmara na esteira da omissão política do prefeito, Paulo Victor juntou-se ao deputado federal Duarte Jr. na tentativa de tornar-se o antagonista de Braide.

A eles também se juntaram os deputados estaduais Yglésio Moyses, Neto Evangelista, Carlos Lula e o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim.

Entre todos os pré-candidatos que já manifestaram a intenção de disputar as eleições do próximo ano, pelo menos até agora, o único que ainda não alfinetou o prefeito foi o historiador e advogado Diogo Gualhardo, que disputa com Bonfim a preferência do NOVO para a disputa.

Além de Braide e do próprio Diogo, o ex-secretário Simplício Araújo e Yglésio também apostam suas fichas em uma forma de fazer política mais voltada para o eleitor e menos para os políticos. Contudo, há uma impressão de que sozinho, não se leva.

Após a inauguração do período de “temporada de caça ao Braide”, vieram duas pesquisas sobre a popularidade do prefeito nesta semana… Segundo as duas, o prefeito possui uma aprovação folgada que supera, em muito, mais da metade da população da cidade.

Caso Braide mantenha-se firme na decisão de marchar sozinho, ou marchar com poucos, no próximo ano teremos o embate entre dois tipos de política bem distintos.

O prefeito irá subverter a política tradicional?

ANA MOSER

Lula deve anunciar saída de Ministra do Esporte nesta semana

06/09/2023 - linharesjr.com.br
Ana Moser
Ação faz parte de reforma ministerial para visa acomodar partidos de Centro. A demissão será a segunda vez que Lula remove uma ministra mulher.

BRASÍLIA, 06 de setembro de 2023 – Já é dado como certo que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva demitiu a ministra do Esporte, Ana Moser, em uma reunião que ocorreu na tarde desta terça (5) no Palácio do Planalto.

A demissão de Ana Moser será a segunda vez que Lula remove uma ministra mulher para abrir espaço para o Centrão. Anteriormente, Daniela Carneiro foi retirada do Ministério do Turismo a pedido do partido União Brasil.

Nessa mesma reforma ministerial, Lula planeja nomear o deputado André Fufuca como o novo ministro do Esporte. Fufuca é o atual líder do PP, que é o partido do presidente da Câmara, Arthur Lira. Outra nomeação esperada é a de Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) como ministro dos Portos e Aeroportos, cargo que atualmente é ocupado por Márcio França (PSB).

Auxiliares de Lula informam que o anúncio oficial das mudanças ministeriais será feito pelo Planalto até o final desta semana, assim que todas as decisões forem finalizadas.

DÍVIDA

Proporção de pessoas inadimplentes cresce no Brasil

06/09/2023 - linharesjr.com.br
Brasileiros inadimplência
CNC (Confederação Nacional do Comércio) estima um aumento no endividamento no final do ano, encerrando 2023 em torno de 78% do total de famílias.

BRASIL, 05 de setembro de 2023 – A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), revelou um aumento na proporção de pessoas com dívidas atrasadas e daqueles que não acreditam poder quitar esses atrasos.

Essa situação preocupa e impacta significativamente os brasileiros, com 30% deles enfrentando dívidas em atraso, um resultado igual ao de dezembro de 2022. Na oportunidade, Izis Ferreira, economista responsável pela Peic, explica que esse cenário se relaciona com a diversificação das modalidades de dívida que os consumidores possuem.

“Estamos falando de um consumidor [por exemplo] que tem dois, três cartões de crédito e um crédito pessoal ou consignado, um financiamento. Com mais modalidades de dívida, está difícil de esse consumidor conseguir pagar todas dentro do prazo de vencimento”, considerou a economista.

Outro aspecto alarmante da pesquisa é o número de consumidores que acreditam que não poderão pagar as contas em atraso, continuando inadimplentes. Esse número atinge 12,7%, o maior já registrado desde o início da série histórica em janeiro de 2010, especialmente afetando aqueles com renda de até três salários mínimos.

O cartão de crédito se destaca como a principal fonte de endividamento, afetando 85,5% dos consumidores. Outras modalidades de dívidas significativas incluem carnês (17,1%), crédito pessoal (9,2%), financiamento de carro (7,9%) e financiamento de casa (7,5%).

A pesquisa também revela que o tempo médio de comprometimento com dívidas é de 6,9 meses, enquanto o tempo médio de atraso nos pagamentos é de 63 dias. A parcela da renda comprometida com dívidas é de 29,9%.

A CNC (Confederação Nacional do Comércio) estima que a proporção de endividados deve continuar diminuindo nos próximos meses, chegando a cerca de 77% entre setembro e outubro. No entanto, prevê um aumento no endividamento no final do ano, encerrando 2023 em torno de 78% do total de famílias.

Propaganda

Propaganda