ECONOMIA

15/07/2024

Mercado financeiro eleva previsão de inflação para 2025

linharesjr.com.br

Analistas consultados pelo Banco Central ajustam projeções de inflação para os próximos anos. Expectativa subiu para 3,90% ante os 3,88%.

Leia mais

Mercado financeiro eleva previsão de inflação para 2025

MEDIDA

Empresa dos irmãos Batista propõe assumir Amazonas Energia

13/07/2024 - linharesjr.com.br
Lula Batista
A Âmbar Energia, do grupo J&F, apresentou à Aneel um plano para assumir a Amazonas Energia, após medida provisória do governo.

BRASIL, 13 de julho de 2024 – A Âmbar, empresa do grupo J&F, pertencente aos irmãos Joesley e Wesley Batista, enviou à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) um plano para assumir o controle da Amazonas Energia. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo.

A iniciativa ocorreu após uma medida provisória do governo federal, que beneficiou tanto a Amazonas Energia quanto outras aquisições da Âmbar.

A medida, publicada em 13 de junho, permitiu repassar aos consumidores brasileiros o custo da energia gerada por termelétricas da região. Em 9 de junho, a Âmbar finalizou a compra dessas usinas regionais.

O envio do plano pela Âmbar à Aneel não significa a conclusão da compra da Amazonas Energia. A proposta ainda está em análise e depende de aprovação das autoridades reguladoras.

Nesta sexta (12), um procurador do Ministério Público solicitou ao Tribunal de Contas da União (TCU) a suspensão temporária de um acordo entre o governo e a Âmbar Energia, devido ao descumprimento de prazos na entrega de usinas.

Além disso, o MP pediu a rescisão dos contratos de energia firmados entre a empresa e o governo. A Âmbar deveria ter entregado quatro usinas termelétricas após um leilão em 2021, mas não cumpriu os prazos estabelecidos.

A Âmbar tenta renegociar suas obrigações há anos. Em abril, conseguiu um acordo com o Ministério de Minas e Energia, sem divulgação pública. O procurador Lucas Rocha Furtado afirmou que não vê vantagem para a administração em manter o acordo.

Ele pediu ao TCU que avalie possíveis irregularidades nos contratos e determine a rescisão, além de analisar se a medida provisória beneficia indevidamente a empresa.

(mais…)

PAÇO DO LUMIAR

Márcio Jerry alega que Paula Azevedo sofre perseguição política

13/07/2024 - linharesjr.com.br
Márcio Jerry
Deputado Márcio Jerry defendeu prefeita e acusou promotores, juízes e vereadores de perseguição política em Paço do Lumiar.

TIMON, 12 de julho de 2024 – O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) declarou que a prefeita afastada de Paço do Lumiar, Paula da Pindoba (PCdoB), está sendo vítima de perseguição política. Jerry afirmou que promotores, juízes e vereadores estão promovendo uma “violenta perseguição” contra Paula Azevedo.

Na oportunidade, o comunista criticou a decisão da Câmara de Paço do Lumiar, que abriu processos de cassação contra Paula Azevedo. Segundo ele, há uma clara perseguição à prefeita afastada, o que fere a consciência democrática.

“Há uma indisfarçável, clara, absolutamente violenta perseguição à prefeita Paula Azevedo, de Paço do Lumiar.”

A Câmara decidiu, portanto, instituir duas comissões processantes para investigar denúncias contra Azevedo.

Por conta disso, Jerry questionou a atuação de várias autoridades envolvidas no caso, incluindo o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público do Maranhão, que solicitou o afastamento e a prisão de Azevedo.

na ocasião, a desembargadora Graça Amorim do Tribunal de Justiça do Maranhão acatou o pedido de afastamento, mas negou a prisão. Além disso, o desembargador Kleber Carvalho e o ministro Otávio Toledo do STJ negaram o retorno de Azevedo ao cargo.

“Gritam à consciência democrática reação aos absurdos cometidos contra ela”, publicou Jerry

VITIMISMO COMUNISTA

Não é a primeira vez que tal posicionamento ocorre na região de Paço do Lumiar. Afastada judicialmente da Prefeitura em junho sob suspeitas de corrupção, Paula fez um pronunciamento confuso à época.

Em sua fala, a prefeita comparou-se ao ex-presidente Lula, afirmando ser vítima de um golpe político. Paula Azevedo acusou a decisão da desembargadora Graça Amorim de ser um ato político para beneficiar seu adversário Fred Campos. Além disso, tentou mobilizar um movimento de mulheres em defesa de seu mandato, intitulado “Não ao Golpe”.

Em sua declaração, Paula afirmou que seu afastamento é parte de um “golpe político”, acusando o prefeito interino Inaldo Alves de estar a serviço de Fred Campos. Ela também declarou que a decisão judicial “nada tem a ver com o bem-estar da população” de Paço do Lumiar.

Contraditoriamente, após as acusações, a prefeita afastada expressou confiança na Justiça, afirmando que a verdade prevalecerá:

“O povo da nossa cidade já acordou e está vendo a forma vil, ultrajante e injusta de me afastar da atribuição que vocês, lumienses (sic), me confiaram. Sigo tranquila e serena na certeza de que tudo vai se resolver da forma mais justa possível. Tenho plena confiança na Justiça e acredito que a verdade vai prevalecer”, declarou Paula Azevedo.

A tentativa de Paula de transformar seu afastamento em um debate sexista, sugerindo que mulheres se unam em um movimento contra seu afastamento, não foi bem recebida nos bastidores políticos de Paço do Lumiar.

A partir daí, muitos passaram a acreditar que a volta da prefeita ao cargo seria improvável.

BRASIL

Governo Lula vai propor mais aumento de imposto

12/07/2024 - CONEXÃO POLÍTICA
Governo Lula
Governo Lula vai propor mais aumento de imposto. Executivo busca compensar perda sobre a desoneração da folha de pagamento.

BRASIL, 12 de julho de 2024 – Enfrentando uma forte resistência da oposição, especialmente com a recente derrota na Câmara dos Deputados, o governo Lula segue buscando formas de emplacar sua agenda política e econômica no Congresso.

Recentemente, o Partido Liberal — legenda de Jair Bolsonaro — conseguiu inserir carnes na cesta básica sem haver aplicação de imposto. Com isso, os brasileiros não pagarão a mais por essa oferta alimentícia no rol de alimentos. O governo Lula, entanto, buscava meios para taxar.

Desde que o terceiro mandato começou, a dívida pública do país disparou, com uma série de despesas que, entre outras coisas, foram implementada para bancar os altos custos da equipe ministerial de Lula, que incluem super salários de servidores, número extenso de cargos, viagens, hospedagens, entre outras coisas.

Os gastos gerais, incluindo despesas tidas como desnecessárias, também entram para a conta final, o que resulta no déficit, quando as contas fecham no vermelho. Isso significa que o Brasil gastou mais do que arrecadou.

(mais…)
Advogada Timon
Advogada foi presa em flagrante por tráfico de drogas e pagou fiança de R$ 2 mil para responder em liberdade.

TIMON, 12 de julho de 2024 – A Justiça do Maranhão concedeu liberdade provisória à advogada Liliana Silva Rodrigues de Souza, presa em flagrante por tráfico de drogas na última terça (9).

Liliana foi detida ao tentar entrar no presídio Jorge Vieira, em Timon, com drogas escondidas nos sapatos. A decisão judicial foi divulgada na quarta (10).

Liliana, advogada do Piauí com atuação em Timon, foi flagrada pelos policiais penais com sete trouxas de maconha quando passava pelo scanner do presídio.

(mais…)
Putin Parlamento
Ditador russo defendeu a criação de um Parlamento dos Brics em um evento na cidade de São Petersburgo nesta quinta (11).

RÚSSIA, 12 de julho de 2024 – O ditador russo Vladimir Putin defendeu a criação de um Parlamento dos Brics em um evento na cidade de São Petersburgo nesta quinta (11). O encontro, chamado de Fórum Parlamentar dos Brics, indica que a ideia já está bem avançada.

“O Brics não tem uma instituição parlamentar. Entretanto, acredito que a ideia será definitivamente implementada no futuro. Estou confiante de que o nosso fórum vai facilitar esse processo“, disse Putin.

A proposta é controversa, pois não faz sentido criar um órgão legislativo em um grupo de 10 países, dos quais oito são ditaduras ou regimes autoritários.

O Parlamento Europeu é viável porque todos os 27 países do bloco são democracias, onde a população elege livremente seus representantes.

Um Parlamento dos Brics seria basicamente formado por pessoas indicadas por ditaduras.

“É curioso um ditador propor a criação de um órgão parlamentar, uma vez que o objetivo da casa deveria ser a pluralidade de opiniões. É provável que o chamado parlamento dos Brics seja como o parlamento russo ou chinês, incapaz de opinar, contribuir, fiscalizar ou discordar, que é a função de um Parlamento, mas simplesmente com a função de ser um órgão subserviente e carimbador da vontade dos autocratas de plantão”, disse Márcio Coimbra, presidente do Instituto Monitor da Democracia.

(mais…)

Propaganda

Propaganda