BRASIL
Morte de lutador de MMA choca imprensa internacional
Por linharesjr.com.br • 17/01/2024
Compartilhe
Lutador MMA
O atleta foi encontrado sem vida na noite de segunda (15), após uma tentativa pessoal de recuperar sua moto, que foi furtada horas antes.

RIO DE JANEIRO, 17 de janeiro de 2024 – A morte do experiente lutador de MMA Diego Braga Nunes, aos 44 anos, reverberou além das fronteiras brasileiras, ganhando destaque na imprensa internacional.

O atleta, conhecido por seus combates no UFC contra grandes nomes como Charles do Bronx, foi encontrado sem vida na noite de segunda (15), após uma tentativa pessoal de recuperar sua moto, furtada horas antes.

O corpo de Nunes foi localizado com marcas de tiros em uma área de mata no Morro do Banco, situado no bairro Itanhangá, zona oeste do Rio de Janeiro. As investigações estão sob responsabilidade da Delegacia de Homicídios.

Diego Braga Nunes utilizou as redes sociais antes do desfecho trágico para relatar o furto de sua moto na Muzema e apelar por ajuda. O percurso do lutador incluiu a comunidade da Tijuquinha antes de chegar ao Morro do Banco, onde a fatalidade ocorreu.

O valor estimado da motocicleta Yamaha XTZ250, ano 2023, ronda os R$ 25 mil, e os dados preliminares indicam possíveis vínculos entre traficantes ligados ao Comando Vermelho e o assassinato de Nunes.

A notícia foi manchete em veículos internacionais como o Sher Dog, que destacou o brasileiro como um ‘veterano de 32 lutas’, e o portal Telecom Asia Sport, que descreveu a execução de Diego como obra de uma gangue de criminosos.

O BVM Sports frisou a brutal execução de Braga pelo crime organizado no Brasil e O FSMMA sublinhou que Diego foi alvo de grupos perigosos vinculados a uma das maiores organizações criminosas da América Latina.

Compartilhe
18/04/2024
fora-da-lei
Relatório sobre Alexandre de Moraes revela que ministro agiu contra a constituição do Brasil
18/04/2024
ELEIÇÕES 2024
Irmã de Othelino é cogitada como candidata à prefeitura de SLZ
18/04/2024
FUTEBOL
Moto vence Tuntum no STJD e semifinal será jogada novamente

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda