UNANIMIDADE
Lula manda Dilma Rousseff ocupar cargo na China
Por José Linhares Jr • 10/02/2023
Compartilhe
Presidente indicou correligionária petista para assumir direção de instituição em Xangai, a 18 mil quilômetros do Brasil. Dilma irá ficar na China até 2025.

Por indicação do presidente Lula, a ex-presidente Dilma Rousseff deve deixar o Brasil para ocupar um cargo em Xangai, a 18 mil quilômetros de distância, na China. Dima deverá ocupar a presidência do Novo Banco de Desenvolvimento (New Development Bank), chamado de Banco dos Brics.

Crido em 2014, durante a 6ª Cúpula dos Brics, o banco tem o objetivo de mobilizar recursos para projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável nesses países. O grupo de países que integra o conselho do banco é formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Indicado por Bolsonaro em 2020, o atual presidente do banco é o diplomata e economista Marcos Troyjo. Sabedor de sua condição política, Troyjo já acertou sua saída do cargo neste mês. Os demais membros do bloco já deram o aval para a substituição.

Com a decisão de Lula, Dilma deverá deixar o Brasil e morar em Xangai até 2025.

Compartilhe
23/04/2024
REAÇÃO
Adepol divulga nota de repúdio contra remoção de delegado
23/04/2024
QUINTO CONSTITUCIONAL
Lista tríplice do Ministério Público será definida nessa quarta (24)
23/04/2024
ASSEMBLEIA
Deputado propõe revogação de título a Geraldo Alckmin no MA

2 Comentários

  1. Toninho Tijolada

    Até que enfim deram um cargo à altura da ex presidenta, domina bem o mandarim kkkk a língua portuguesa fica de joelhos. 2025 volta? Não dá pra prorrogar até 2050? Se der me avisa kkkkkk

    Responder
  2. Zoe Jones

    Essa é uma decisão interessante e que pode deixar boas consequências para o Brasil. É importante entender que a indicação de Dilma Rousseff para o cargo de presidente do Novo Banco de Desenvolvimento vem de uma indicação do presidente Lula, que, por sua vez, foi acertada com os demais membros do Bloco Brics. Isso significa que o Brasil está sendo bem representado nessa iniciativa. É de se esperar que as consequências disso sejam positivas. A experiência de Dilma Rousseff nesse tipo de cargo será de grande ajuda nessa empreitada?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda