Presidente Juscelino
Licitação de Primeira-dama chama atenção do MP e oposição
Por linharesjr.com.br • 27/03/2023
Compartilhe
Aquisição de sal, vinagre, feijão, pacotes de leite em pó, sucos, etc, despertaram atenção de vereadores de oposição e Ministério Público.

A prefeitura de Presidente Juscelino, através da SEMED, (comandada pela primeira-dama Índia Guerreira Thamiris Rabelo), tem chamado a atenção de vereadores da oposições e, caso provocado, o Ministério Público, por meio da Promotora Dra. Érica Ellen Beckman, deve iniciar as investigações.

Segundo informações do Blog Neto Cruz, uma empresa de Imperatriz, distante 600 km da cidade hoje comandada pelo bacabelense, garfou mais de meio milhão de reais em uma licitação. Nos produtos pedidos, chamam a atenção os 1.200 kg de sal, a contratação de 6 mil litros de vinagre, etc. Durante a última sessão da Câmara do município foi levantada a suspeita referente à quantidade de feijão. A mesma empresa irá “ofertar” 7 mil kg de Carioca.

Além disso, a secretária de Educação da Cidade exigiu 20 mil pacotes de leite em pó (seria La Sereníssima), polpas de suculento$ sucos e quase 20 mil quilos da seiva da fruta para outra empresa, criada em janeiro de 2021 (logo após os gestores assumirem seus respectivos mandatos).

“P. A. da Silva Distribuidora Eireli abocanhou quase R$ 300 mil, perfazendo um total de quase R$ 1 milhão para que os alunos da rede municipal não sejam liberados mais cedo devido a falta da merenda escolar”, relata o blog Neto Cruz.

Mais informações em https://netocruz.blog.br/

Compartilhe
11/01/2024
LICITAÇÃO
Câmara vai trocar móveis de deputados. Por quanto? Sigilo
18/12/2023
LICITAÇÃO
Governo Lula deve gastar mais de R$ 800 mil para limpar piscinas
05/12/2023
REGRA
Câmara aprova disputa sigilosa em licitações de obras públicas

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda