DECISÃO
Justiça mantém afastamento de Paula da Pindoba por 6 meses
Por linharesjr.com.br • 11/06/2024
Compartilhe
Paula Pindoba
Decisão judicial é vista como um golpe final para as pretensões políticas de Paula Azevedo e Jorge Marú em Paço do Lumiar.

PAÇO DO LUMIAR, 11 de junho de 2024 – A prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo, conhecida como Paula da Pindoba (PCdoB), teve seu afastamento do cargo prorrogado por mais seis meses nesta segunda (10).

A decisão foi tomada pelo juiz Gilmar de Jesus Everton Vale, da 1ª Vara de Paço do Lumiar, e praticamente encerra seu mandato, além de inviabilizar sua participação nas eleições de outubro.

Paula Azevedo já havia sido afastada anteriormente por 50 dias por decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão. Com a nova determinação judicial, a prefeita ficará fora do cargo até dezembro, restando-lhe apenas um mês de mandato caso consiga retornar.

A ação foi baseada em acusações de improbidade administrativa.

O afastamento também afeta diretamente a candidatura do vereador Jorge Marú, que contava com o apoio de Paula da Pindoba. Sem o respaldo da prefeita, a viabilidade da candidatura de Marú fica comprometida, enfraquecendo sua posição na disputa eleitoral.

O juiz Gilmar Vale destacou a gravidade das acusações contra Paula Azevedo, justificando a necessidade do afastamento prolongado para garantir a integridade das investigações.

A decisão visa prevenir possíveis interferências no processo e assegurar que as irregularidades apontadas sejam devidamente apuradas.

Compartilhe
09/07/2024
SÃO LUÍS
Justiça obriga Braide a cancelar contrato de merenda de R$ 51 mi
08/07/2024
DECISÃO
Justiça do Maranhão condena Facebook a pagar R$ 10 milhões
03/07/2024
SUPERMERCADO
Mateus é condenado a pagar R$ 20 milhões por racismo

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda