FUNDO DO POÇO
Jornalista usa mãe morta e ex-esposas para atacar Bolsonaro em entrevista
Por José Linhares Jr • 06/09/2022
Compartilhe
Jornalista citou patrimônio da mãe (que morreu aos 94 anos em janeiro) para lançar suspeitas contra Bolsonaro. Vida financeira das ex-esposas (ambas já casadas com outros companheiros) também foi citada.

A jornalista Amanda Klein acusou de corrupção a mãe falecida do presidente Jair Bolsonaro durante sabatina realizada na Jovem Pan n manhã desta terça (06 de setembro). Além de Olinda Bonturi Bolsonaro, Klein ainda acusou duas ex-esposas do presidente de integrar um esquema de corrupção. Em sua defesa, Bolsonaro pediu respeito pela memória de sua mãe e afirmou que as duas ex-esposas já estão casadas e que não possui relação com elas.

As acusações contra o presidente são baseadas em uma reportagem que catalogou todas as compras de imóveis, por qualquer pessoa com o sobrenome Bolsonaro, realizadas em todo o Brasil nos últimos 32 anos.

O levantamento identificou dezenas de pessoas e 107 patrimônios que variam entre compra, venda e/ou herança. Todas as movimentações de todos os parentes do presidente são retratadas como oriundos de um esquema de corrupção que envolve a mãe morta de Jair Bolsonaro e ex-esposas.

Klein também aderiu à narrativa que tenta transformar “moeda corrente” em dinheiro vivo, já desmentida amplamente por vários profissionais da área de cartórios do Brasil após a publicação da matéria do Uol que fundamentou as acusações da jornalista da Jovem Pan.

Em um momento de revolta, Bolsonaro pediu à jornalista que deixasse sua mãe de fora da entrevista e que dirigisse seus ataques diretamente a ele. O clima de constrangimento entre os demais jornalistas, após os ataques contra a mãe falecida do presidente, era visível entre os demais jornalistas.

Compartilhe
23/04/2024
REAÇÃO
Adepol divulga nota de repúdio contra remoção de delegado
23/04/2024
QUINTO CONSTITUCIONAL
Lista tríplice do Ministério Público será definida nessa quarta (24)
23/04/2024
ASSEMBLEIA
Deputado propõe revogação de título a Geraldo Alckmin no MA

6 Comentários

  1. Ronaldo

    Parabéns para a jornalista Amanda!!!! Comprovou que a famiglia Bolsonaro são todos bandidos….todos indistintamente!!!! A bandidagem desses vagabundos está nos genes e no DNA….sao todos e todas bandidos!!!!fora famiglia Bozo, volta para os esgotos de onde tu nunca deveria ter saído!!!!

    Responder
  2. Adriana

    Triste quando as pessoas não conseguem distinguir narrativas de realidade, a família do Lula roubou comprovadamente, usou de influencia para obter vantagem e a narrativa é contra o Presidente, sem qualquer prova. Não sei se não ver é ignorância, ou mal caratismo mesmo.

    Responder
  3. tony

    Não distorce o que aconteceu, ela fez uma pergunta que ele não pode responder porque esse dinheiro é de rachadinha. Bolsonaro é corrupto e isso é fato.

    Responder
  4. Kelson Araujo

    Essa Jornalista mostrou uma falta de preparo fora do comum e falta de conhecimento mínimo de economia. Confundir pagamento em moeda corrente do País com pagamento á vista, no mínimo é de uma burrice à toda prova.

    Responder
  5. joão pereira

    E o Ladrão Lula e seus filhos, o que são? Compare o patrimônio do Lula com o do Bolsonaro e dos filhos de ambos e tire suas conclusões. Ademais, os 3 filhos do Bolsonaro, que são políticos, tem Curso Superior, enquanto os de Lula, deveras possuem o Ensino Médio.Mostre se existe algum Processo Criminal contra o Bolsonaro e seus filhos por prática de crimes contra o Patrimônio Público.

    Responder
  6. tony

    E porque até hoje ele não fala a real com que pagou? Vocês nunca foram contra a corrupção seus doidos, um cara que nunca teve um negócio e sempre foi funcionário público consegue comprar 51 imóveis em dinheiro vivo, isso é a primeira aula que existe na PF de movimentar grande quantidade em desse jeito é crime.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda