DESCARAMENTO
Janja é processada após usar tv pública para divulgação pessoal
Por José Linhares Jr • 15/03/2023
Compartilhe
Enquanto esposa de Lula usa aparato público para aparecer, ex-presidente Bolsonaro chegou a ser proibido de fazer lives dentro de sua própria casa.

A primeira-dama, Janja da Silva, realizou uma série de lives usando o aparato da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) que ferem o princípio da impessoalidade no serviço público. Por conta da prática vedada pela lei, os dois passaram a ser alvo de uma ação da Justiça Federal.

A ação foi protocolada pelo vereador paulistano Rubinho Nunes (União Brasil-SP), após Janja participar de uma live na TV Brasil chamada Papo de Respeito.

Segundo a denúncia, Janja é acusada de usar recursos públicos para autopromoção, além de enaltecimento do marido, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A ação defende que a utilização da emissora na criação e veiculação do conteúdo fere a autonomia da emissora e o princípio da impessoalidade no poder público. Ele aponta que a EBC está sendo “aparelhada” ao governo Lula e sua programação está sendo transformada em “boletim informativo”.

Vale ressaltar que, nas eleições, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) chegou a ser proibido de fazer lives dentro de sua própria casa, o Palácio da Alvorada, sob a alegação de ferir o princípio que hoje é destratado por Janja, Lula e o PT.

Compartilhe
11/04/2024
DESPREZO
Pai de Duarte Júnior não vota nele e diz não ser valorizado
11/04/2024
ELEIÇÕES 2024
Homem admite fake news sobre Iracema Vale e é multado
11/04/2024
"TEMPOS ESTRANHOS"
Caso Musk e Moraes é comparado à fala de Fernando Braide

1 Comentário

  1. Toninho Tijolada

    Kkkk as porteiras estão abertas

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda