CHAGA
Índice de trabalho análogo à escravidão no MA é o maior do país
Por José Linhares Jr • 04/01/2023
Compartilhe
Número de denúncias e resgate de maranhenses pelo Ministério Público do Trabalho é o maior dos últimos 20 anos no Brasil

Reportagem da TV Mirante revela que, segundo o Observatório da Erradicação do Trabalho Escravo, o Maranhão é o maior exportador de mão de obra escrava do país. Segundo a reportagem, 8. 636 maranhenses foram resgatados em situação de trabalho análogo à escravidão entre 2003 e 2021.

Foram reportados casos de trabalho análogo à escravidão em Cidelândia, Grajaú, Sítio Novo. A reportagem informa que, apenas em 2022, o Ministério Público do Trabalho recebeu 80 denúncias de trabalho escravo no estado. O maior número registrado nos últimos 20 anos.

Os péssimos índices do estado pioram quando se comparados a outras unidades da federação. Em termos de resgate de trabalhadores obrigados a trabalhar em condições desumanas de trabalho, quem ocupa o 2º lugar é o estado de Minas Gerais, com 4.126 trabalhadores resgatados.

A facilidade que os criminosos encontram para subjugar maranhenses a esse tipo de trabalho pode ser encontrada na miséria e falta de oportunidades no estado. Como a maioria das opções de renda se concentram em inciativas estatais que não geram riqueza e não conseguem abrigar a todos, os maranhenses acabam ficando à mercê de jornadas exaustivas, trabalho forçado, condições insalubres e trabalho em troca de pagamento de dívidas.

Compartilhe
23/04/2024
REAÇÃO
Adepol divulga nota de repúdio contra remoção de delegado
23/04/2024
QUINTO CONSTITUCIONAL
Lista tríplice do Ministério Público será definida nessa quarta (24)
23/04/2024
ASSEMBLEIA
Deputado propõe revogação de título a Geraldo Alckmin no MA

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda