OPERAÇÃO
Gaeco investiga servidor do MPMA por corrupção
Por linharesjr.com.br • 31/01/2024
Compartilhe
MPMA corrupção
Nova ação do Gaeco no Maranhão mira servidor do Ministério Público e particulares por corrupção e outros crimes.

ITINGA DO MARANHÃO, 31 de janeiro de 2024 – Na manhã desta quarta (31), o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) deflagrou a Operação Proditor, cumprindo três mandados de busca e apreensão na Comarca de Itinga do Maranhão.

A ação visa um servidor do Ministério Público e dois particulares, suspeitos de corrupção, exploração de prestígio e outros delitos.

A investigação teve início após denúncias de solicitação de vantagens financeiras em troca de favores no âmbito do Ministério Público, influenciados pelo servidor investigado. A busca e apreensão visam reunir evidências relacionadas aos fatos em apuração.

Medidas cautelares foram deferidas, incluindo a suspensão do exercício da função pública e afastamento do servidor durante a investigação. Também estão proibidos de acessar unidades ministeriais nas comarcas envolvidas e de manter contato entre eles e com servidores do Ministério Público.

A operação recebe o nome de Proditor, termo em latim que significa “traidor”, em referência à conduta do agente público.

Compartilhe
31/01/2024
OPERAÇÃO
Gaeco investiga servidor do MPMA por corrupção
30/01/2024
LEVANTAMENTO
Brasil despenca em “Ranking de Corrupção”
15/02/2024
ESCÂNDALOS
PT tenta recuperar biografia de nomes marcados por corrupção

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda