LASCOU
Fortaleza deve proibir publicidade de apostas e jogos de azar
Por linharesjr.com.br • 08/11/2023
Compartilhe
Kaio Fortaleza
Influenciador maranhense se mudou para capital do Ceará para seguir divulgando plataformas, mas município pode seguir exemplo do Maranhão.

FORTALEZA, 08 de novembro de 2023 – O influenciador Kaio de Cara informou a seus seguidores nesta semana que ele e sua família tiveram que deixar o Maranhão para morar em Fortaleza. Ele promove plataformas de jogos online, como o “Tigre”, recentemente proibido no Maranhão.

No entanto, o destino do influenciador pode seguir o exemplo do Maranhão. Um projeto de lei apresentado pelo vereador Danilo Lopes (Avante) tem como objetivo proibir a divulgação, promoção e endosso de empresas de apostas e atividades relacionadas a jogos na capital cearense.

O projeto de lei surge em um momento em que o Maranhão reforça sua postura contra a promoção de jogos de azar, incluindo a detenção de influenciadores digitais que promoviam jogos de azar e rifas virtuais nas redes sociais, após a sanção de uma nova lei estadual que proíbe a divulgação desse tipo de jogo.

No fim do mês passado, dois influenciadores digitais maranhenses foram detidos pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) da Polícia Civil em São Luís.

O deputado estadual Yglésio Moyses, autor da lei que proibiu a divulgação desses jogos, escreveu em sua postagem: “Estamos de olho! Parabéns à SEIC pelo brilhante trabalho!”

A justificativa do vereador cearense é semelhante à do autor do projeto de lei no Maranhão, Yglésio Moyses, que afirma que a publicidade de jogos de azar e casas de apostas tem se tornado cada vez mais comum na sociedade, frequentemente acompanhada por promessas falsas de ganhos.

Isso tem causado sérios problemas de saúde mental para muitas pessoas.

Compartilhe
20/02/2024
DECISÃO
Desembargadora maranhense é afastada pelo CNJ por dois anos
20/02/2024
FORO PRIVILEGIADO
Oposição aposta no fim do foro contra excessos do Judiciário
20/02/2024
PANDEMIA DE CORRUPÇÃO
Mais um membro do Ministério Público maranhense acusado de corrupção

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda