ARREGOU
Flávio Dino deixa ministério ignorando mais de 45 convocações
Por linharesjr.com.br • 16/01/2024
Compartilhe
Dino convocação
Ministro da Justiça e Segurança Pública sairá do cargo para assumir o STF sem responder a mais de 45 convocações na Câmara dos Deputados.

BRASÍLIA, 16 de janeiro de 2024 – O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, está prestes a deixar o cargo para assumir como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) sem responder a mais de 45 pedidos de convocação que tramitam na Câmara dos Deputados.

A posse de Dino no STF está agendada para 22 de fevereiro, enquanto Ricardo Lewandowski, o futuro comandante da pasta, assume o Ministério da Justiça em 1º de fevereiro, no primeiro dia do retorno do recesso parlamentar.

Leia mais: Flávio Dino deixa ministério com recorde de falta de transparência

De acordo com um levantamento do jornal O Globo, a maioria dos requerimentos sem resposta, totalizando 11, está relacionada à visita de Luciane Barbosa Farias ao Palácio da Justiça em 2023.

Luciene, conhecida como a “dama do tráfico”, é casada com o chefe do Comando Vermelho no Amazonas, provocando uma crise durante o período em que o ministro comandava a pasta, embora não tenha se encontrado com ele.

Leia mais: Flávio Dino fica entre os campeões de voos nos jatos da FAB

Em 2023, Flávio Dino participou de diversas audiências públicas no Congresso, mas faltou a três convocações da Comissão de Segurança Pública da Câmara, alegando risco à sua segurança.

No retorno do recesso parlamentar, Lewandowski será convidado a prestar esclarecimentos ao mesmo colegiado.

Ubiratan Sanderson (PL-RS), presidente da comissão, destaca que Lewandowski será convidado a falar sobre suas estratégias para conter o crescimento da atuação delitiva das facções criminosas, que têm assustado o país nos últimos meses, sendo convocado apenas se não comparecer voluntariamente.

Compartilhe
22/11/2023
CONVOCADO
Flávio Dino decide comparecer à Câmara Federal só em dezembro
14/11/2023
CONVOCAÇÃO
Maranhense deve prestar esclarecimentos em CPI
04/11/2023
CONVOCADO
Oposição marca nova sessão na Câmara com ministro Dino

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda