CIRURGIAS
Falta de válvulas cardíacas desespera pacientes no Maranhão
Por linharesjr.com.br • 10/01/2024
Compartilhe
Cirurgia Maranhão
Pacientes, como Jardel Magalhães, aguardam cirurgias cardíacas cruciais devido à falta de material no sistema de saúde do Maranhão.

SÃO LUÍS, 10 de janeiro de 2024 – A escassez de material para cirurgias cardíacas no sistema de saúde do Maranhão tem gerado angústia e desespero para pacientes como Jardel Magalhães Alves, 25 anos, que aguarda há dois meses por uma cirurgia de troca de válvula mecânica no coração.

O drama vivido por Jardel ecoa a trágica história de Maria Ferreira Passos, 61 anos, que faleceu após mais de um ano de espera pelo procedimento, apesar de oito decisões judiciais favoráveis.

A jornada de Jardel começou em outubro de 2023, quando foi admitido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Araçagi. Após 24 horas, foi transferido para o Hospital Raimundo Lima, onde permaneceu por 29 dias.

A espera por cirurgia continua no Hospital Carlos Macieira, onde está internado na UTI Cardiológica.

A irmã de Jardel denuncia a falta recorrente de material, alegando que, quando disponível, é destinado a outros pacientes. A preocupação com a vida do irmão é evidente, pois profissionais de saúde alertaram sobre a iminência de complicações sérias.

O drama se estende a outros pacientes no mesmo hospital que aguardam procedimentos cardíacos.

Em resposta, a Secretaria de Estado da Saúde admitiu a falta de material para a cirurgia, culpando a demora das empresas responsáveis pela reposição da grade de válvula aórtica, elemento essencial para o procedimento.

Compartilhe
20/04/2024
PL MULHER
Ex-primeira-dama já está em SLZ para agenda neste sábado
20/04/2024
PARTIDO
Ação de impugnação contra Podemos segue se arrastando no TRE
20/04/2024
DESEMBARGADOR
Velten critica Musk e diz que TRE está pronto para deepfakes e IA

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda