DESCASO
Estudantes da rede estadual sem aula por falta de merenda
Por José Linhares Jr • 16/08/2022
Compartilhe
Gestão de Carlos Brandão não pagou cozinheiras de escola em tempo integral em cidade do interior do estado.

As alunas do Instituto Estadual de Educação, Ciência E Tecnologia do Maranhão (IEMA), de São José de Ribamar, Janaina Araújo e Gabriele Passos, presidente e vice-presidente do Grêmio Estudantil, respectivamente denunciaram em uma rede social que as aulas foram paralisadas no Instituto estudal, pois os cozinheiros não recebem salário há dois meses.

A vice-presidente do Grêmio Estudantil, Gabriela Passos ressaltou que muitos alunos estão sendo prejudicados pelo descaso do poder público.

“(…) Almoçamos e jantamos nas unidades e sem os funcionários da cozinha não é possível que as aulas ocorram”, explicou a estudante.

As aulas foram completamente paralisadas nessa terça (15), pois os funcionários da cozinha estão com salários e benefícios alimentícios
e de transporte atrasados.

Janaína Araújo, presidente do Grêmio Estudantil, alerta que é necessário cumprir com os pagamentos dos servidores.

“Nós que fomos prejudicados por uma pandemia, foi preciso parar as aulas novamente por um motivo simples de resolver, que é cumprir com o pagamento dos funcionários”, disse.

Se os funcionários não receber o devido pagamento, os alunos ameaçam deflagrar uma manifestação.

Compartilhe
18/04/2024
fora-da-lei
Relatório sobre Alexandre de Moraes revela que ministro agiu contra a constituição do Brasil
18/04/2024
UPA
MPMA avalia qualidade do atendimento de unidades de Saúde
18/04/2024
ADVERTÊNCIA
MPMA recomenda ação rápida contra alagamentos em São Luís

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda