TEMOS
Estatais desvalorizam e perdem R$ 179,2 bi após vitória de Lula
Por José Linhares Jr • 04/01/2023
Compartilhe
Medo de ingerência e corrupção generalizada está afastando investidores e derrubando valor das empresas na bolsa de valores.

Empresas públicas federais desvalorizaram 28% desde o anúncio da vitória de Luís Inácio Lula da Silva (PT). O valor das empresas caiu de R$ 726,9 bilhões para R$ 547,7 bilhões no período. Apenas no 1º dia de janeiro, a perda foi R$ 31,8 bilhões.

A empresa mais atingida foi a Petrobras. A estatal chegou a valer R$ 520,6 bilhões em 2022. Em 31 de dezembro, as ações da empresa custavam R$ 345,9 bilhões.

Na segunda (2 de janeiro) a Petrobras perdeu mais R$ 22,8 bilhões. Outras estatais também caíram no pregão inaugural de 2023: o Banco do Brasil desvalorizou R$ 4,3 bilhões, e a Caixa Seguridade, R$ 690 milhões.

Com Jair Bolsonaro as estatais bateram recorde histórico de lucros e valorização. Em 2021 o lucro registrado foi o maior da história do país, com R$ 188 bilhões. Em termos comparativos, com Lula o maior Lucro foi registrado em 2011 (R$ 64 bilhões). Com Bolsonaro o aumento foi de 200%.

Compartilhe
22/07/2024
DÉFICIT
Contas do governo deverão registrar rombo de R$ 28 bi em 2024
22/07/2024
ASSALTO
Vereador de São Luís é amarrado durante roubo em residência
22/07/2024
PESQUISA
Reprovação de Brandão chega a quase 50% em São Luís

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda