LEVANTAMENTO
Empreendedorismo Negro: Maranhão se destaca entre estados
Por TV MIRANTE | G1 MA • 16/11/2023
Compartilhe
Maranhão negro
De acordo com o estudo do Sebrae, o estado ocupa o quinto lugar em proporções de empreendedorismo negro no Brasil.

MARANHÃO, 16 de novembro de 2023 – O Maranhão é um dos estados com maior número de empreendedores negros, segundo um levantamento feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2022.

De acordo com o estudo do Sebrae, no Maranhão, 80% dos empreendedores se autodeclaram negros, o que faz o estado ocupar o quinto lugar em proporções de empreendedorismo negro no Brasil, ficando atrás apenas do Pará, Amapá, Amazonas e Acre.

O estudo foi feito a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) contínua do IBGE, relativo ao terceiro trimestre de 2022 e aponta também que a renda média é ainda menor quando se trata de mulheres negras à frente de um negócio: 39% abaixo do rendimento de homens brancos.

Esta realidade foi tema de debate em um seminário, em São Luís, sobre desenvolvimento, territórios e afro-empreendedorismo no Maranhão, que foi promovido junto com a Secretaria de Estado da Igualdade Racial (Seir) neste mês da consciência negra.

O coordenador executivo da Rede Nacional de Afroempreendedores (Reafro Nacional), João Carlos Nogueira, diz que é preciso debater sobre o assunto, já que o Maranhão possui uma grande representatividade com comunidades remanescentes de quilombos, onde desenvolvem iniciativas produtivas.

“Nós queremos discutir regionalmente isso na medida que o Maranhão tem duas características. Uma forte presença rural ainda e uma representação de comunidades muito grandes, de comunidades remanescentes de quilombos e esses municípios precisam ser fortalecidos a partir das suas iniciativas produtivas”, afirmou João Carlos Nogueira.

O representante da Reafro no MA e empreendedor, José Antônio Carlos, ressalta que é preciso que a população negra no Maranhão reflita sobre sua importância na cadeira do empreendedorismo, já que atualmente ela faz parte de 78% desse quantitativo. “78% de uma população tem que ter uma discussão que reflita esse quantitativo de profissionais, de pessoas que labutam diariamente no empreendedorismo e nós temos em torno de 250 mil, e são números oficiais que se tem”.

A secretária-adjunto de Estado da Igualdade Racial, Maria Socorro Guterres, pontua que é de suma importância que a população negra seja consciente de seu valor no mercado de trabalho, para que possa avançar ainda mais no setor do empreendedorismo. “Pra que esta população negra no estado do Maranhão se aproprie. Sejam também empoderadas no sentido de acessar este mercado do empreendedorismo”.

Compartilhe
27/02/2024
BUROCRACIA
Nordeste fica entre regiões com menos liberdade para empreender
20/06/2023
EMPREENDEDORISMO
Karla Sarney propõe Prêmio Mulheres Empreendedoras de SL
11/03/2023
TRABALHADOR
Morre empresário Francisco Honaiser, uma das estrelas do agronegócio maranhense

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda