Naves desconhecidas
Ciro Gomes quer liberar documentos sobre ONVIs, caso eleito
Por José Linhares Jr • 08/06/2022
Compartilhe
Líder do PDT afirmou que seriam tornados públicos todos os arquivos que estejam em poder das forças armadas e de inteligência.

O líder do PDT e pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes, disse, nesta terça (07/06), que pretende tornar públicos documentos sobre possíveis contatos das forças armadas e de inteligência brasileira com “Objetos Voadores Não Identificados” (OVNI).

Recentemente o tema ganhou força após as forças armadas dos Estados Unidos reconhecerem que travaram contato com naves desconhecidas sem nenhuma semelhança com máquinas humanas, cujos líder da Defesa norte-americana reconheceram que a questão é um “potencial risco” para o país.

“Aproveito para deixar registrado: todos os arquivos que existirem na Força Aérea Brasileira e no Serviço de Inteligência sobre o assunto serão divulgados”, escreveu o pedetista em resposta a um internauta em seu Twitter.

Compartilhe
17/04/2024
INVESTIGAÇÃO
Caso Odylo: Membros da Seduc faltam a reunião com delegado
17/04/2024
SENADO
Senadores maranhenses se dividem sobre PEC das Drogas
17/04/2024
CÂMARA DE VEREADORES
São Luís deve ter 1 mil candidatos a menos nas eleições 2024

1 Comentário

  1. Heraldo Moraes Gouveia

    O Ciro como presidente segue a tendencia mundial de divulgar este a este fenômeno, que agora não é tratado mais como ovni (portugues), UFO (em ingles), agora é UAP’s (fenomenos aéreos não identificados). O Brasil já vem ao longo dos ultios 5 anos abrindo arquivos (caso noite dos Ovnis no céu de SP). O Governo americano fala no perigo da segurança nacional aéreo, nenhum governo do mundo assume ser o dono dessas máquinas e que não sabem dizer a origem (terrestre ou extra-terrestre). Só podem afimar uma coisa: são inteligentes e dotados de tecnologia muito superior a da humanidade. Em suma, os governos estão pra revelar a verdade pra humanidade.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda