A GRANDE FRAUDE

Vídeo bombástico expõe mentiras do youtuber Felipe Neto

26/12/2023 - José Linhares Jr

A verdadeira face do youtuber Felipe Neto foi exposta em um minidocumentário produzido pelo também youtuber Daniel Penin. A peça tem cerca de 40 minutos e expõe as incoerências na carreira do youtuber, que vão desde a produção de conteúdo de cunho sexual para crianças até o desrespeito da quarentena durante a pandemia. Neto era um dos principais defensores do lockdown.

Além disso, livro infantil que usa a figura do ator pornô Kid Bengala e diversos vídeos com situações impróprias para crianças também são expostas.

A relação de Felipe Neto com o notadamente site de golpes Blaze (que foi omitida em uma grande matéria do fantástico), também é detalhada no vídeo.

São cerca de 45 minutos em que fatos são expostos e demolem a imagem forjada por Felipe Neto ao longo dos últimos anos.

assista:

VÍDEO

Quem mandou matar Cleriston?

23/11/2023 - José Linhares Jr

Encarcerado no presídio da Papuda preventivamente (mesmo sem representar ameaça, sem antecedentes criminais e com sérios problemas de Saúde), Clériston da Cunha morreu.

Por meses o mesmo Judiciário que liberta traficantes e assassinos desprezou os apelos da defesa e do Ministério Público e o manteve preso. A ação resultou em sua morte.

Se Clériston estava preso à revelia que do que diz a Justiça, quem ordenou a prisão que resultoi em sua morte?

Quem mandou matar Clesriston?

VÍDEO

Autotortura de jovens em shows é insanidade

22/11/2023 - José Linhares Jr
Taylo Swift

Tragédia em show de cantora pop deveria ser alerta a jovens que condenam-se a jornadas extenuantes, riscos desnecessários e sacrifícios inúteis em nome de seus ídolos.

Shows, que deveriam ser momentos de alegria, tornaram-se rituais de resistência e sofrimento. A tragédia era anunciada e o culpado, apesar das autoridades oportunistas de plantão, são as próprias vítimas.

Qual a sua opinião?

Visita da “Rainha do Comando Vermelho” foi apenas mais uma página em um livro repleto de histórias mal contadas.

SÃO LUÍS, 14 de novembro de 2023 – Em 2016, cerca de dois anos após assumir o governo. Flávio Dino foi acusado pelo presidente do Conselho Diretor da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH), Wagner Cabral, de fazer um acordo com criminosos.

O acordo envolveria um afrouxamento dentro de presídios e no próprio combate ao tráfico. Cinco anos depois, o Maranhão viu explodir o domínio de facções criminosas no interior do estado e o governador Flávio Dino, vejam só, ganhou na 10ª edição do ranking de competitividade dos estados o prêmio de melhor sistema penitenciário.

Que simplesmente significa melhor qualidade de vida para preso. Poucos meses antes de ganhar o prêmio pela excelência nos cuidados com ladrões, assassinos, bandidos, estupradores, traficantes e bandidos em geral, havia sido notificado que o governo do Maranhão iria gastar milhões de reais para construir 22 “módulos de encontros íntimos” em 11 presídios do estado. O que foi chamado na época de “motel para bandido”.

Propaganda