INQUÉRITO
Aluisio Mendes apoia CPI do abuso de autoridade do STF
Por linharesjr.com.br • 05/12/2023
Compartilhe
Aluisio CPI
Deputado federal confirma apoio à CPI do Abuso de Autoridade do STF, juntando-se a outros parlamentares da base aliada.

BRASÍLIA, 05 de dezembro de 2023 – O deputado federal Aluisio Mendes, filiado ao Republicanos, anunciou oficialmente seu apoio à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPI) do Abuso de Autoridade do Supremo Tribunal Federal.

A CPI, proposta pelo deputado Marcel van Hattem (Novo-RS) e protocolada com 171 assinaturas, tem como objetivo investigar atos dos ministros do STF.

Além de Aluisio Mendes, outros deputados maranhenses, como Allan Garcês (PP), Cleber Verde (MDB), e Júnior Lourenço (PL), também subscreveram a proposta. A lista de signatários abrange diversos partidos da base aliada, como MDB, PSD, Republicanos, União Brasil e PP.

A proposta agora aguarda a análise do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que verificará se há justa causa e fato determinado para a investigação.

Não há prazo definido para a decisão de Lira, que enfrenta também a questão da proposta de emenda constitucional (PEC) que limita decisões monocráticas do STF.

O deputado Marcel van Hattem destaca que o apoio à CPI cresceu após a morte de Cleriston Pereira da Cunha, detido por suspeita de participação nos atos de 8 de janeiro e cujo falecimento gerou controvérsias.

O deputado Carlos Jordy (PL-RJ), líder da oposição na Câmara, menciona que o temor de decisões do STF, como a suspensão de redes sociais de parlamentares e a prisão de Daniel Silveira, levou a um período prolongado para obter as assinaturas necessárias.

Compartilhe
20/02/2024
DECISÃO
Desembargadora maranhense é afastada pelo CNJ por dois anos
20/02/2024
FORO PRIVILEGIADO
Oposição aposta no fim do foro contra excessos do Judiciário
20/02/2024
PANDEMIA DE CORRUPÇÃO
Mais um membro do Ministério Público maranhense acusado de corrupção

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda